No silencio part. 2

22:41 2 Comments A+ a-

Não Sei Quantas Almas Tenho (Fernando Pessoa)

Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem acabei.
De tanto ser, só tenho alma.
Quem tem alma não atem calma.
Quem vê é só o que vê,
Quem sente não é quem é,
Atento ao que sou e vejo,
Torno-me eles e não eu.
Cada meu sonho ou desejo
É do que nasce e não meu.
Sou minha própria paisagem;
Assisto à minha passagem,
Diverso, móbil e só,
Não sei sentir-me onde estou.
Por isso, alheio, vou lendo
Como páginas, meu ser.
O que sogue não prevendo,
O que passou a esquecer.
Noto à margem do que li
O que julguei que senti.
Releio e digo: “Fui eu?”
Deus sabe, porque o escreveu.







DEVE CHAMAR TRISTEZA
Deve chamar-se tristeza 
Isto que não sei que seja 
Que me inquieta sem surpresa 
Saudade que não deseja. 
Sim, tristeza - mas aquela 
Que nasce de conhecer 
Que ao longe está uma estrela 
E ao perto está não a Ter. 

Seja o que for, é o que tenho. 
Tudo mais é tudo só. 
E eu deixo ir o pó que apanho 
De entre as mãos ricas de pó.
Fernando Pessoa
___________________________________________________________________________________
Não sei explicar o que sinto realmente.Só sei que eu gosto de estar aqui,sentir você...Não vá sem me dizer a Deus,Por que eu choraria muito.As lagrímas que iria doer pra sempre,que só o coração sabe dizerSe for parti me leve por que não vó conseguir viver sem você...e eu choraria muito,Não vá sem me dizer a Deus!!!por que eu choraria muito.....Autor desconhecido
________________________________________________________________________________________

Fotos











2 Cerejinhas

Write Cerejinhas
Cris
AUTHOR
5 de maio de 2011 20:49 delete

lindo o blog e adorei as fotus
depois me manda no email ta
Di vc nem fala mais com migo no msn neh
pq?
cris vc ta cada dia melhor linda felicidades pra vc
bjussss

Reply
avatar
5 de maio de 2011 20:52 delete Este comentário foi removido pelo autor.
avatar